25 Fevereiro 2008

Another scrap quilt

When I review the quilts shown in this blog I realize most of them are made from scraps. You may think I only make scrap quilts but that is not true. In fact, scraps are other quilts leftovers that I have been saving for years and I really have to use them somehow.
Of course, this is time consuming but I seize the opportunity trying new experiences on each scrap quilt I make. It may be a new piecing method, the use of a new batting or just an uncommon color scheme. If the results are not what I would expected I don’t blame myself for wasting my fabric stash.
On this quilt, I made for the first time an invisible binding. I wanted to try it for some time but all the techniques I tried by myself or techniques that I found on books did not please me or were very laborious. Then I saw this wonderful tutorial on Laura’s blog and I knew I had to try it. I love the way the binding folds on the backing. This binding can be made larger or smaller but I think that a width from 1” to 3” is a reasonable size to work with.
This pink binding has 2” width and I thought to be the best color to pop up the backing black and white colors.
The sun was shining today and I could take some photos to show you the results.

Quando revejo os quilts que já mostrei neste blog dou-me conta que a maioria é feita de restos. Poderão pensar que só faço quilts de aproveitamentos mas a verdade é que tenho tantos restos acumulados durante anos que tenho forçosamente de lhes dar um destino. Fazer estes quilts consome muito mais tempo do utilizar tecidos novos. Por isso procuro dar uma maior legitimidade ao gasto desse tempo, fazendo sempre uma nova experiência de cada vez que inicio um quilt destes. Pode ser uma nova técnica de unir os blocos, experimentar um novo batting ou simplesmente arriscar um esquema de cores pouco usual.
Neste quilt fiz pela primeira vez um binding invisível. Há tempos que andava para tentar, mas tudo o que experimentava, ou via em livros, ou não me agradava ou era muito trabalhoso. Mas depois de ver este excelente tutorial soube que iria aplicar esta técnica. Fácil de executar e um resultado que era mesmo o que eu queria. Este binding pode ser mais ou menos largo e penso que será razoável poder oscilar entre os 2,5 e os 7,5 cm.
O cor de rosa que usei não se vê na parte da frente e realça da forma que eu pretendia o preto e branco do backing.
O sol brilhou hoje e tive oportunidade de tirar estas fotografias para vos mostrar os resultados.
PS: torna-se para mim difícil traduzir os muitos dos termos que escrevo relacionados com a técnica de execução e estrutura dos quilts. Já tentei ver noutros blogs, em português, como resolveram a situação mas ainda não vi este problema solucionado. Por isso, aqui fica o link da anatomia de um quilt, para tirar alguma dúvida.

25 comentários:

S. disse...

Fabuloso! Embora a parte da fente esteja maravilhoso (adoro o facto do aproveitamento dos restos, é importante apoveitar/reciclar), a parte de trás também tem uma combinação de cores lindíssima. Obrigada por partilhares mais esta maravilha. Se eu não tivesse duas mãos esquerdas no que toca à costura, aventurava-me... A forma como descreves o teu trabalho fá-lo parecer mais fácil do que na realidade é.

Vicki W disse...

That's an excellent binding technique! The wide binding on the back seems to make the quilt reversible because it's more like a border for that nice pieced back. I love scrap quilts - all of them!

mariarrosa disse...

Ese acolchado tan elaborado que haces me encanta. Tengo máquina de coser nueva y voy a empezar a experimentar con el free motion, tengo que estudiarme tus quilts.

isabel disse...

Simplesmente delicioso, sobretudo por traduzir o esforço de união dos restos. Mais uma vez, de parabéns!

Emilia L. disse...

Preciosos el colorido y el trabajo para aprovechar todas las telitas, el resultado final es una labor muy original y llena de color.
Un abrazo,
Emilia

Joana disse...

Gosto muito destes quilts de farrapinhos. Têm um ar menos arrumadinho e mais divertido!

Beth disse...

Verdadeira arte! E adorei os links!

Quiltista disse...

Este é o verdadeiro Patchwork!
O aproveitamento de retalhos como se fazia nos tempos idos!
Ficou maravilhoso!

Aldana disse...

Te felicito por todos tus trabajos!!! Realmente hermosisimos!!!

Tereclopes disse...

Está lindíssimo como já é hábito. Armonia de cores perfeita tanto da frente como de trás.
Conclusão : Uma perfeição.
Obrigada pela partilha

Guðrún disse...

Beautiful work as always. I do admire your quilting.

laurapatch disse...

Es fantástico, tanto el colorido como los bloques, y el acolchado de primera, como siempre... Me gusta mucho la trasera a piezas y estoy muy contenta que te haya gustado la técnica del bies invisible, es muy fácil de hacer, verdad?

lummynita disse...

hehehe a bolota estava á janela :)

shula disse...

Stunning.

Nettie disse...

As always, your colors are lovely and I love how much variety there is in the different block designs. Wonderful quilt. Thanks also for the link to the binding technique.

Paloma (Nick) disse...

Te ha quedado super original, me gusta mucho la combinación. :·)

APO (Bem-Trapilho) disse...

e o que interessa se sao de restos? melhor, assim é tudo aproveitado! afinal o que conta mesmo é o resultado e esse é lindo! por isso está tudo bem! :)

APO (Bem-Trapilho) disse...

ola querida! vim desejar-te um optimo fim de semana! :)

Noel disse...

Un trabajo precioso, felicidades

gwen disse...

What a beautiful scrap quilt. I love everything, the sashing, the border, the quilting, ...! And thank you for the great link. Take care.

mim disse...

estou impressionada! Que bonito!! Parabéns!

Little Mysteries disse...

Your quilt looks beautiful. The colours are wonderful. The binding looks amazing.

Lazy Gal Tonya disse...

wonderful quilt. very lively. I love the color scheme and your quilting is beautiful.

andsewitis Holly disse...

You have a good eye for color. This quilt is stunning. It could easily be a "man's" quilt as it reminds me of architecture in some ways. I love it.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.