09 Julho 2008

Capulana

Yesterday a friend of mine visited me and we had a lovely time chatting for a while. Among other things sewing is undoubtedly one of the themes we always talk about. This time she brought me some capulanas that belong to her sister in law and we discuss some possibilities for using them. In its origin, most of the times they are just wrapped around women bodies. But they can be used is so many ways
Ontem tive a visita inesperada de uma amiga e foi agradável ficarmos um bocado á conversa. Um dos temas invariavelmente tratado é o das costuras. Desta vez ela trouxe-me algumas capulanas de uma cunhada e falámos das possibilidades da sua aplicação. Embora na sua origem sejam quase simplesmente embrulhadas à volta do corpo há tantas formas de as usar…
This reminded me that in the late seventies, after the return of many Portuguese from Mozambique, there were a wide diffusion of these vibrant colored fabrics and at the time I made two simple capulana summer dresses.
Isto lembrou-me que, no fim dos anos setenta e após a descolonização, houve uma difusão das capulanas trazidas pelos Portugueses vindos de Moçambique e eu própria fiz dois vestidos de Verão com elas.
My friend would rather apply these stunning fabrics in a quilt and I think that’s a great idea. Nevertheless, these prints have big shapes and it would be a pity to cut them into pieces. To make a whole clothe quilt with capulanas is a wonderful option! Besides, most of these fabrics are very geometric which allows an easy quilting just following the lines.
A minha amiga prefere e bem usar as capulanas para quilts. No entanto cortar estes magníficos padrões seria desastroso e por isso as capulanas são excelentes para quilts de folha inteira até porque o quilting fica muitissímo facilitado. Basta seguir as linhas dos padrões geométricos. After she went back home I searched my old, old fabrics. I discover a full size capulana (the blue one) and a piece of a capulana dress (the green one) and it made me happy as a child.
Depois dela sair vasculhei as minhas “antiguidades” e descobri uma capulana novinha (a azul) e um pedaço de um vestido (a verde). Claro que fiquei contente como uma criança.

17 comentários:

sandra disse...

São padrões muito ricos, onde um olhar mais demorado descobre, quase sempre, novos pequenos detalhes...

Guðrún disse...

It will be interesting to see what you do.

Marta Mourão disse...

São muito bonitas :)

ameninabrinca disse...

Que engraçado, ainda há dois dias estive a ver os meus restinhos de capulanas, que na verdade já são "vintage", e a pensar o que havia de fazer com eles. Mas apesar de tudo não tenho nada tão bonito como os dois últimos que mostras, e que são fantásticos. Que cores maravilhosas. E a minha mãe tinha, nos anos 70, dois vestidos lindíssimos, um roxo e outro castanho, feitos com capulanas trazidas de Angola. Quem me dera ainda os ter.

Berglind disse...

It would make a stunning quilt, I look forward to see what you'll make

Beth disse...

Muito lindas as estampas! Nunca tinha ouvido essa palavra por aqui...Costumamos chamar esses panos de cangas (mas não sei se é a mesma coisa- uma época se usava na praia uns panos parecidos, vindos da Indonésia)

méri disse...

Estes desenhos são extraordinários.
Mas esse verde último...é o meu preferido!

Célia Jordão Alves disse...

Obrigada pela sua visita e obrigada por bisbilhotar. Os padrões africanos também têm muita geometria associada e os povos africanos parecem também saber bastante de fractais já que alguns optam por arquitectura com esse tipo de forma.

Admiro o seu trabalho e, sobretudo a paciência para o executar com tamanha perfeição. Felicidades!

Julia disse...

Gorgeous! I can't wait to see what you make from them. I agree that it would be a shame to cut them up.

Wendy disse...

What a good friend to bring you such a gorgeous gift. These are so vibrant and unique.

APO (Bem-Trapilho) disse...

maravilhosos tecidos! :)

BoDy anD SouL disse...

fico um bocadinho invejosa desses lindos panos...

Beta disse...

As suas capulanas são fantásticas. Também tenho paixão por cores e motivos africanos. Estou neste momento a fazer sacos e bolsas com capulanas que me trouxeram há uns anos de Moçambique, combinados com tecidos lisos. Dê uma olhada, pode ser que se inspire!!
Beijinhos e boas criações!

maman xuxudidi disse...

Lindas estas capulanas. Ando a procura dalgumas no mercado nacional... Sabem me dizer onde posso encontrar tais padrões?

Rose Marie disse...

This fabric is intriguing and would be spectacular to work with. Ymmm ..... I wonder what will you do with it?

Maria Cristina disse...

Os motivos africanos revelam a diversidade e intensidade deste continente plural.
A África teve arrancada de seu seio milhares de filhos, mesmo desterrados e distantes de suas raizes, imprimiram nos lugares para onde foram levados o poder de sua cultura.
As capulanas são lindas!

Anónimo disse...

O tecido verde - última foto - é de Java. Tenho um bocado novo comigo e na borda do tecido tem as indicações: 'Real Cotton Java print'. Antigo, lindíssimo