14 abril 2014

às voltas

Cada tricotadeira tem o seu estilo quanto ao número de projectos em mãos. O meu é: imensos em lista de espera, muitos (muitos mesmo) começados, bastantes a meio caminho e, valha-me isso, alguns que se vão terminando.
Entre aqueles que tenho em mãos, gosto de ter um tecnicamente simples, que não exija muita atenção, que não obrigue a parar, contar, ler esquemas, pôr marcadores etc., etc., etc.
Esta gola acabada ontem, foi um desses projectos. Andar sempre à roda, voltas longas, esquema simples e sempre repetido e dois fios tactilmente muito agradáveis. O modelo foi sendo criado nas minhas mãos a partir de uma amostrinha feita há algum tempo. 


Dois novelos de For Nature e um novelo de Kibou foram suficientes e as sobras insignificantes o que, para mim, é uma mais valia para qualquer peça tricotada. O resultado desta combinação foi agradável pois a gola é muito suave, tem um excelente cair pois o algodão e a seda drapeiam muito bem.


O modelo que se segue é um desafio bem maior. Está a meio, ficou um ano parado até tomar algumas decisões e agora vai entrar novamente nas agulhas. Vai ser desta que o acabo!


3 comentários:

Maria Duarte disse...

Gosto, gosto, gosto. MUITO

Maria disse...

Bem.... pensei que o blog tinha acabado... Que saudades dos posts! :)

Ana Lopes disse...

Lindo! E a combinação dos fios e pontos é fantástica!Nova seguidora :)
Boa semana,
Beijinhos,

Ana Love Craft
www.lovecraft2012.blogspot.com